Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

O Blog da MEO Blueticket

27
Jun18

Revenge of the 90's no Rock in Rio Lisboa

revenge.jpg

 É uma das festas mais cobiçadas da noite em Portugal. Ainda não conseguiu ir? Quer voltar a reviver os anos 90? Então a solução está no Rock in Rio Lisboa, a festa Revenge of the 90's toma conta do Music Valley no dia 29 de Junho.

Neste dia há também concertos dos The KillersThe Chemical BrothersXutos & PontapésJamesCapitão Fausto e Manel Cruz.

 

Comprar

 

09
Mar18

James no Rock in Rio Lisboa

james.jpg

Os James estão de regresso à cidade do Rock! 
No dia 29 de junho, os James estão confirmados para o Palco Mundo do Rock in Rio 2018 para mais um concerto em modo de celebração familiar, tal é o historial de ligação da banda ao público português.

A última visita dos James a Lisboa aconteceu na Altice Arena. Em 2012 estiveram no Parque da Bela Vista para assinarem um concerto inesquecível. 

Mais uma valor seguro para o Rock in Rio Lisboa!

  

05
Dez16

James no MEO Arena - Encontro de Velhos Amigos

James ao Vivo no MEO Arena.jpg

O reencontro entre os James e o público português durou cerca de duas horas preenchidas com duas dezenas de canções.

Tim Booth abriu o concerto no meio da plateia a cantar Just Like Fred Astaire enquanto se encaminhava para o palco. Para segunda canção, a banda escolheu To My Surprise, uma das várias faixas que compõem o novo disco. A seguir veio Curse Curse, outro tema recente resgatado ao penúltimo álbum.

A partir daqui a viagem contemplou visitas a clássicos dos James como Ring The Bells, Tomorrow, She's a Star, Come Home ou, o inevitável, Sit Down.

Um alinhamento que ia alternando composições mais recentes com mais antigas, procurando um equilíbrio entre os fãs dos primeiros tempos e aqueles mais contemporâneos.

 

( Fotogaleria James no MEO Arena )

 

A vantagem de viver um concerto entre velhos amigos, que é isso que os James são para o público português, é que se sabe que se pode sempre contar com o máximo empenho da banda, nomeadamente do vocalista Tim Booth que não hesita na hora de mergulhar na plateia para fazer um crowd surfing perfeito.

 

A noite acabou com um encore de três canções e por vontade do público podia ter durado mais tempo porque ninguém estava incomodado com as horas mesmo sendo domingo à noite. É este o poder dos James ao vivo. Por isto, é que são sempre tão bem recebidos e sente-se que regressarão novamente.

 

Alinhamento:

James setlist meo arena.jpg

 

 

22
Nov16

O Novo Disco dos James

 James tour(1).jpeg

 Os James vão regressar aos palcos portugueses no próximo mês.

Como já recordámos aqui , a banda de Tim Booth sabe que o público português os recebe sempre de braços abertos e garganta afinada para acompanhar todas as músicas do alinhamento.

Como todos os discos anteriores dos James já estão bem assimilados, a nossa proposta é que se oiça o novo álbum do grupo, de onde vão sair, certamente, algumas faixas para o concerto de 4 de dezembro no MEO Arena.

Girl at the end of the world:

 

 

 

10
Nov16

Recordar os James na Estação de São Bento no Porto

14650060_10154555443012464_2098239979820253412_n.p

 Este ano de 2016 não vai acabar sem um concerto dos James em Portugal. Já por aqui traçámos a bonita relação que a banda de Tim Booth tem com os fãs portugueses e o historial de , quase, três dezenas de concertos feitos no nosso país.

 

No próximo dia 4 de dezembro há reencontro marcado com os James. Além das canções dos vários discos editados, há a curiosidade de ouvir os temas do mais recente disco do grupo, "Girl at the end of the world".

 

Não é que seja preciso provar nada mas sabe sempre bem recordar a enorme cumplicidade que existe entre os James e os seus fãs portugueses, por isso, recuperamos a fantástica interpretação de Tim Booth em plena estação de São Bento, no Porto, da canção "Getting Away", no meio de um público improvisado.

Faz agora dois anos:

 

 

O regresso está para breve no MEO Arena.

 

 

21
Out16

James em Dezembro no MEO Arena

James tour.jpeg

 Quando os James entraram no palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e tocaram Protect Me, antepenúltima canção do álbum Seven, não sabiam que estavam a começar a escrever o primeiro capítulo de uma longa história de concertos em Portugal. Nem eles, nem os fãs que não chegaram para esgotar a sala da capital mas conheciam a discografia da banda que tinha marcado uma parte da cena musical de Manchester dos anos 80.

 

Estávamos em 1992, a banda de Tim Booth assinou um concerto memorável na sua estreia entre nós. No dia seguinte repetiram a receita no Porto e deixaram a discussão no ar: o triunfo devia-se ao enorme sucesso que Seven estava a ter nas tabelas de vendas ou vinha dos três discos anteriores, nada fáceis de encontrar no mercado nacional na altura, nomeadamente do tema Sit Down que figurava no meio do alinhamento do LP Gold Mother editado em 1990?

Provavelmente, foi uma mistura de todos estes factos que fez crescer muito rapidamente a legião de fãs dos James em Portugal. Quem viu não esqueceu a química da banda com a plateia e, especialmente, a entrega do vocalista em danças possuídas onde se destacava uma considerável cabeleira cheia de caracóis, dificil de imaginar actualmente.

 

Passado um ano regressaram a Lisboa para actuar num lotado Pavilhão do Belenenses, no Restelo. Já não eram nenhum segredo bem guardado do rock de Manchester, tinham conquistado o mundo com Seven e deram logo seguimento de qualidade com Laid editado em 1993.

Esse concerto no Restelo foi, ainda mais, mítico pelo facto de ter tido como banda de suporte na primeira parte uns tais de... Radiohead!

 

Estava aberta uma longa relação de amizade e carinho entre os James e o público português que se habituou a tê-los por cá muitas mais vezes. Vão a caminho das três dezenas de concertos em Portugal e assumem a ligação especial com o nosso país.

 

Estão de volta ao MEO Arena para novo encontro com os fãs que já atravessam várias gerações. O alinhamento de um concerto dos James é uma forte banda sonora da vida de muita gente que sorri ao relembrar hits que vão dos anos 80 aos dias de hoje.

Sim, porque apesar de uma anunciada pausa com direito a concertos de despedida e tudo, os James voltaram e até editaram este ano um digno álbum chamado Girl at the End of the World .

 

O reencontro está marcado para dia 4 de dezembro no MEO Arena.

 

Instagram

Sigam-nos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Favoritos