Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

O Blog da MEO Blueticket

21
Dez21

Fado é Amor por Carlos do Carmo na Altice Arena

DM1D4492.jpg

Uma noite inesquecível na Altice Arena, em Lisboa, para homenagear a voz maior do fado, Carlos do Carmo. 
Fado é amor, foi o mote para um desfile de artistas queridos de Carlos de Carmo a interpretar alguns dos fados eternizados pelo fadista que nos deixou no primeiro dia deste ano de 2021. 
Marco Rodrigues, António Serrano, Tito Paris, Ricardo Ribeiro, Mariza, Camané, Carminho, Agir, Pedro Abrunhosa, Jorge Palma, Dino D' Santiago, todos subiram ao palco da Altice Arena para cantar clássicos como "Por morrer uma andorinha", "Júlia Florista", "Um Homem na cidade", "Os Putos", "Bairro Alto", Canoas do Tejo", "Gaivota" ou "Lisboa menina e moça" com todos juntos em palco num momento arrepiante. 
Carlos do Carmo será eterno embaixador da música portuguesa e o fado ficará sempre ligado à sua voz.
Fado é amor foi uma prova de tudo isto. 

19
Dez21

Fado é Amor: Uma Homenagem a Carlos do Carmo na Altice Arena

fado.jpg

Este ano de 2021 ficou marcado pelo desaparecimento de um dos maiores vultos da História do Fado e da Cultura Portuguesa: Carlos do Carmo.
O legado imenso que nos deixou, recentemente aumentado com a edição do seu disco póstumo, “E Ainda…”, é a maior herança de um País.
Assim surgiu a ideia de juntar, no dia do seu aniversário, alguns dos maiores nomes da Música Portuguesa, artistas de diferentes gerações e de diversos estilos musicais, com quem o fadista se cruzou durante a sua longa e histórica carreira, e prestar-lhe a melhor homenagem que lhe poderia ser feita.
António Serrano, Agir, Camané, Carminho, Dino d’Santiago, Jorge Palma, Mariza, Marco Rodrigues, Pedro Abrunhosa, Ricardo Ribeiro e Sara Tavares dão assim corpo a um espetáculo único e inesquecível.
Porque com Carlos do Carmo, e sobretudo com ele, Fado sempre foi amor.
No dia 21 de dezembro na Altice Arena, em Lisboa, às 21h00. 

27
Out21

Diana Vilarinho no Capitólio

diana.jpg

Diana Vilarinho é uma jovem que tem atraído muita atenção, principalmente dos que já tiveram sorte de a ver ao vivo.

Em 2008, com 10 anos, concorre pela primeira vez e conquista o primeiro lugar na mítica “Grande Noite do Fado”, no Teatro São Luiz.

Com 16 anos, realiza o seu primeiro concerto a solo integrado no Festival Caixa Alfama, em Alfama, na igreja de Santo Estêvão.

Todo o seu percurso de fado, levou-a a começar a pensar no seu primeiro disco. Em busca de repertório, aprendizagem e conhecimento, foi trabalhando numa pesquisa profunda para que hoje, aos  25 anos, pudesse apresentar um disco que a retrata inteiramente.

O primeiro álbum é lançado em Outubro de 2021 e conta com a produção do consagrado fadista Ricardo Ribeiro.

Dia 30 novembro no Capitólio, vamos celebrar a estreia deste bonito trabalho, Diana Vilarinho.

 

01
Jan21

Carlos do Carmo Morreu

carlos do carmo.jpg

Nascido em Lisboa, em 21 de dezembro de 1939, Carlos do Carmo despediu-se dos palcos em 2019 e morreu no primeiro dia de 202, aos 81 anos, entristecendo a sua cidade que representou de forma eximia através do fado que levou consigo pelo mundo tudo. Uma das vozes mais elegantes e bonitas que imortalizaram a capital de Portugal e o fado enquanto Património Cultural Imaterial da Humanidade. Um reconhecimento da UNESCO para o qual Carlos do Carmo muito contribuiu. 
Começamos o ano de luto e com a certeza que nunca esqueceremos Carlos do Carmo.

13
Dez20

Visite o Museu do Fado

fado.jpg

Consagrado à canção urbana de Lisboa, oriunda dos seus bairros históricos, o Museu do Fado celebra o valor excepcional do Fado como símbolo da cidade, o seu enraizamento profundo na tradição e história cultural do País. Aqui, descobre-se o universo deste reconhecido Património Imaterial da Humanidade.

A exposição permanente do Museu do Fado é um convite a descobrir a história do fado, os seus lugares de origem na Lisboa oitocentista, a divulgação através do teatro de revista, da rádio, da gravação discográfica, do cinema, dos seus grandes intérpretes e instrumentistas. Regularmente poderá também assistir a exposições temporárias relativas ao universo do fado e da guitarra portuguesa.

07
Dez20

Grande Gala de Fados da Rádio Amália na Altice Arena

gala.jpg

Este mês, a Rádio Amália vai realizar a sua primeira Grande Gala de Fados em Lisboa na Altice Arena. 

Num concerto com a duração de duas horas, vamos juntar de novo várias gerações de Fadistas, numa tarde repleta de música e emoções.

Uma viagem pelo fado mais tradicional até aos nossos dias, que vai juntar músicos e fadistas, que ainda estão parados.

Esta Gala será um momento de união entre artistas e público para festejar o fado e a vida.

O espetáculo terá a duração de duas horas, das 17h00 às 19h00, dia 20 de dezembro.

 

Fadistas:

José Cid

Lenita Gentil

Marco Rodrigues

Sara Correia

José Gonçalez

Beatriz Felício

26
Out20

Nos Próximos Sábados há Fado no Jardim da Casa-Museu Amália Rodrigues

amalia.jpg

Cumpra-se o sonho de Amália… cante-se o fado!

A magia e emoção do fado continua na casa onde a eterna Amália Rodrigues viveu durante mais de 40 anos. O  jardim secreto da sua residência enche-se de música durante um concerto único de voz e guitarra.

Tudo isto num ambiente intimista e recatado que é, ao mesmo tempo, uma homenagem sentida a Amália Rodrigues. Amália que sempre teve como maior dos desejos ajudar a promover esta arte tão portuguesa.

O Fado acontece nos próximos sábados, até dia 14 de novembro, ao ar livre cumprindo todas as regras da DGS, e garantindo assim a segurança de todos.

A Fundação Amália Rodrigues agradece a todos os que tornam possível a continuação das suas atividades culturais.

 
29
Set20

Festival Santa Casa Alfama Cartaz Completo

alfama.png

Em ano de centenário de Amália, o cartaz desta edição, que se quer especial, compõe-se de sugestões imperdíveis, como se comprova com a programação dos dois palcos maiores do Festival: o Palco Santa Casa e o Palco Santa Maria Maior.

 

Nos próximos dias 2 e 3 de outubro, o Santa Casa Alfama regressa ao coração de Lisboa. Numa edição adequada às circunstâncias, seguindo com responsabilidade e rigor todas as normas da Direção-Geral da Saúde, esta edição do Festival não perde em emoção, pelo contrário!

O Palco Santa Casa vai poder contar com a cumplicidade entre Fafá de Belém & José Gonçalez, um tributo a Amália preparado pelo talento do Custódio Castelo Trio e ainda uma carta ao piano, enviada por Júlio Resende para a grande senhora do fado. Em mais uma edição, o Largo do Chafariz de Dentro recebe aquele que é provavelmente o palco mais bairrista do Santa Casa Alfama: o Palco Santa Maria Maior. Jaime Dias, Beatriz Felizardo, Vítor Miranda, Conceição Ribeiro, Diogo Rocha, Sónia Santos, Pedro Galveias e Ana Marta são os talentos escolhidos pela Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, que acolhe o Festival desde a sua primeira edição.
 


CARTAZ COMPLETO
Dia 02 de outubro

Palco Santa Casa
Mariza
Fafá de Belém & José Gonçalez "Cumplicidades"
Custódio Castelo Trio

Palco Ermelinda Freitas | Rooftop do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Fábia Rebordão
André Dias "Amália na voz da guitarra"

Palco Amália | Auditório Abreu Advogados
Vânia Duarte
André Baptista

Centro Cultural Dr. Magalhães Lima
Maria Emília
Duarte

Palco Santa Maria Maior | Largo do Chafariz de Dentro
Jaime Dias + Beatriz Felizardo
Diogo Rocha + Sónia Santos

Palco Santa Casa Futuro | Sociedade Boa União
Escola de Fado Amador e Criativo de Alverca apresenta:
Rodrigo Figueira, Beatriz da Conceição Mamede e Rodrigo Monteiro

Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Exposição "Bem-Vinda Sejas Amália"

Fachada do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Espetáculo de vídeo mapping "Amália"

O Palco do Público | Restaurante do Museu do Fado
Inscrições até dia 25 de setembro para: comunicacao@museudofado.pt

"Fado à Janela" | Largo de São Miguel
Jorge Silva, Gilberto Silva e José Manuel Rodrigues


Dia 03 de outubro

Palco Santa Casa
Gisela João
Concerto exclusivo "Celebrar Amália 100 Anos Depois" com Jorge Fernando,
Rui Veloso, Katia Guerreiro, Diogo Piçarra, Marco Rodrigues, Sara Correia e André Amaro
Júlio Resende "Carta para Amália"

Palco Ermelinda Freitas | Rooftop do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Helder Moutinho
"Fado em boas mãos" com Buba Espinho, Joana Almeida, Maura e Tiago Correia

Palco Amália | Auditório Abreu Advogados
Catarina Rocha
Francisco Salvação Barreto

Centro Cultural Dr. Magalhães Lima
Filipa Cardoso
José Geadas

Palco Santa Maria Maior | Largo do Chafariz de Dentro
Vitor Miranda + Conceição Ribeiro
Pedro Galveias + Ana Marta

Palco Santa Casa Futuro | Sociedade Boa União
Escola de Fado CLAF (Clube Lisboa Amigos do Fado) apresenta:
Maria Passarinho, Tiago Conceição e Bruna Duarte

Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Exposição "Bem-Vinda Sejas Amália"

Fachada do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Espetáculo de vídeo mapping "Amália"

O Palco do Público | Restaurante do Museu do Fado
Inscrições até dia 25 de setembro para: comunicacao@museudofado.pt

"Fado à Janela" | Largo de São Miguel
Jorge Silva, Gilberto Silva e José Manuel Rodrigues
22
Jul20

Bem-vinda sejas Amália em Odemira Dia 23

amalia.jpg

No dia em que Amália celebraria 100 anos de vida, 23 de julho, a Fundação Amália e a Câmara Municipal de Odemira apresentam um concerto de comemoração do Centenário de Amália Rodrigues, no Brejão, em Odemira.

O concerto “Bem-vinda sejas Amália” apresenta um cartaz de luxo. Ana Moura, Jorge Fernando, Ricardo Ribeiro, Katia Guerreiro, José Gonçalez, Marco Rodrigues, Fábia Rebordão e Sara Correia. Direção Musical é de Jorge Fernando e a componente artística é coordenada por José Gonçalez.

Este evento tão especial vai realizar-se junto ao mar, no lugar que escolheu como “refúgio” entre digressões pelo mundo inteiro: a Herdade Amália, no Brejão.

O título “Bem-vinda sejas Amália” é uma alusão à forma carinhosa como foi recebida pelos militares portugueses em Moçambique, em 1969, quando foi cantar para os feridos de guerra. A frase então escrita num cartaz, registada pela RTP para a posteridade, foi sendo replicada noutras alturas e noutros contextos, nas suas inúmeras digressões pelo País e pelo estrangeiro. Em ano de centenário, “Bem-vinda sejas Amália” é também o título de uma exposição itinerante que está a percorrer o País. Com a evocação desta mensagem escrita num cartaz tão simples e genuíno, quanto criativo, pretende-se também homenagear todos os fans anónimos que publicamente manifestavam o seu apreço a uma das mais importantes figuras da Cultura portuguesa.

É um espetáculo particularmente simbólico que celebra uma mulher singular, tantas vezes aclamada como “a voz de Portugal”. Realizado em parceria pela Câmara Municipal de Odemira e pela Fundação Amália Rodrigues, instituição a quem cabe continuar a missão que Amália determinou em testamento: ajudar pessoas desfavorecidas.

Concerto ao ar livre, num cenário único sobre o mar.

14
Jul20

Novidades no Santa Casa Alfama

unnamed.png

Há novidades para o Santa Casa Alfama em outubro.

Com uma vista deslumbrante, a proposta do Palco Ermelinda Freitas é ficar com um "Um fado ao pôr-do-sol". No dia 2 de outubro, vai poder ouvir a voz única de Fábia Rebordão e ainda a guitarra de André Dias no espetáculo “Amália na voz da guitarra”; no dia 3 de outubro, o terraço do Terminal de Cruzeiros de Lisboa vai receber Helder Moutinho e também a juventude de Buba Espinho, Maura Airez, Joana Almeida e Tiago Correia no espetáculo “Fado Em Boas mãos”.

Instagram

Sigam-nos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Favoritos