Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

O Blog da MEO Blueticket

26
Out20

Nos Próximos Sábados há Fado no Jardim da Casa-Museu Amália Rodrigues

amalia.jpg

Cumpra-se o sonho de Amália… cante-se o fado!

A magia e emoção do fado continua na casa onde a eterna Amália Rodrigues viveu durante mais de 40 anos. O  jardim secreto da sua residência enche-se de música durante um concerto único de voz e guitarra.

Tudo isto num ambiente intimista e recatado que é, ao mesmo tempo, uma homenagem sentida a Amália Rodrigues. Amália que sempre teve como maior dos desejos ajudar a promover esta arte tão portuguesa.

O Fado acontece nos próximos sábados, até dia 14 de novembro, ao ar livre cumprindo todas as regras da DGS, e garantindo assim a segurança de todos.

A Fundação Amália Rodrigues agradece a todos os que tornam possível a continuação das suas atividades culturais.

 
22
Jul20

Bem-vinda sejas Amália em Odemira Dia 23

amalia.jpg

No dia em que Amália celebraria 100 anos de vida, 23 de julho, a Fundação Amália e a Câmara Municipal de Odemira apresentam um concerto de comemoração do Centenário de Amália Rodrigues, no Brejão, em Odemira.

O concerto “Bem-vinda sejas Amália” apresenta um cartaz de luxo. Ana Moura, Jorge Fernando, Ricardo Ribeiro, Katia Guerreiro, José Gonçalez, Marco Rodrigues, Fábia Rebordão e Sara Correia. Direção Musical é de Jorge Fernando e a componente artística é coordenada por José Gonçalez.

Este evento tão especial vai realizar-se junto ao mar, no lugar que escolheu como “refúgio” entre digressões pelo mundo inteiro: a Herdade Amália, no Brejão.

O título “Bem-vinda sejas Amália” é uma alusão à forma carinhosa como foi recebida pelos militares portugueses em Moçambique, em 1969, quando foi cantar para os feridos de guerra. A frase então escrita num cartaz, registada pela RTP para a posteridade, foi sendo replicada noutras alturas e noutros contextos, nas suas inúmeras digressões pelo País e pelo estrangeiro. Em ano de centenário, “Bem-vinda sejas Amália” é também o título de uma exposição itinerante que está a percorrer o País. Com a evocação desta mensagem escrita num cartaz tão simples e genuíno, quanto criativo, pretende-se também homenagear todos os fans anónimos que publicamente manifestavam o seu apreço a uma das mais importantes figuras da Cultura portuguesa.

É um espetáculo particularmente simbólico que celebra uma mulher singular, tantas vezes aclamada como “a voz de Portugal”. Realizado em parceria pela Câmara Municipal de Odemira e pela Fundação Amália Rodrigues, instituição a quem cabe continuar a missão que Amália determinou em testamento: ajudar pessoas desfavorecidas.

Concerto ao ar livre, num cenário único sobre o mar.

05
Out19

Amar Amália na Altice Arena: Vinte Anos de Saudade!

_GL_0586.jpg

Amália deixou-nos há vinte anos mas, na verdade, a sua música nunca será esquecida. O espetáculo Amar Amália voltou a trazer o universo de Amália Rodrigues ao palco da Altice Arena. Desta vez, os músicos que fizeram questão de homenagear a fadista e recriar algumas das suas canções foram Marco Rodrigues,  Simone de Oliveira, Áurea, Amor Electro, Jorge Palma, Paulo de Carvalho e Dulce Pontes.

Uma noite para recordar um dos nomes maiores da cultura portuguesa. 

Fiquem com a foto-galeria do concerto e um vídeo de cada atuação:

 

 

 

 

16
Set19

Amar Amália a 5 de Outubro na Altice Arena

amar amália.jpg

O espetáculo que homenageia Amália Rodrigues pela voz de vários artistas lusos volta a subir a palco em outubro.

Dia 5 de outubro, véspera do aniversário da morte da diva do fado, regressa à Altice Arena.

Assim, há nova data para o espetáculo Amar Amália, que se estreou no dia 16 de fevereiro, na Altice Arena. Essa noite ficou aqui documentada: Amar Amália na Altice Arena: Uma Noite de Homenagem

Sob a direção artística de Diogo Clemente e Tiago Pais Dias, foram várias as vozes que homenagearam Amália Rodrigues neste momento, nomeadamente Paulo de Carvalho, Dulce Pontes, Marco Rodrigues, Amor Electro, Maria Emília, Sara Correia e Vanessa da Mata. Em outubro o espetáculo volta a Lisboa.

No dia 5 de outubro, véspera do aniversário da morte de Amália Rodrigues, o espetáculo regressa a Lisboa, à Altice Arena, com os convidados : Dulce Pontes, Simone de Oliveira, Paulo de Carvalho, Marco Rodrigues, Amor Electro, Aurea e Jorge Palma. Este novo concerto foi apresentado em Lisboa, na Fundação Amália Rodrigues.

Vinte anos depois do desaparecimento da diva do fado, Amar Amália promete, acima de tudo, lembrar, sentir e renovar o espírito da fadista, não sendo só para atingir o público contemporâneo de Amália, mas também atrair novas gerações pela voz de cantores que interpretam as suas próprias versões do reportório eternizado pela fadista.

16
Fev19

Amar Amália na Altice Arena: Uma Noite de Homenagem

2SHO0762.JPG

Noite de tributo à maior diva de sempre do fado português, Amália Rodrigues foi recordada por Marco Rodrigues, Sara Correia, Maria Emília, Vanessa da Mata, Amor Electro, Paulo de Carvalho e Dulce Pontes. 

Todos interpretaram fados celebrizados por Amália, encantando a plateia da Altice Arena que não se cansou de aplaudir e acompanhar os temos mais conhecidos. Momento muito especial e emocionante com o tributo da brasileira Vanessa da Mata a cantar "Saudades do Brasil em Portugal". 

Deixamos uma fotogaleria e vídeos que ilustram a noite de gala que se viveu na Altice Arena, em Lisboa:

 

11
Fev19

Amar Amália na Altice Arena

amalia.jpg

Este mês são assinalados os vinte anos do desaparecimento da maior Diva da música nacional. Pretendemos marcar a efeméride juntando em palco grandes valores da música portuguesa e da lusofonia.

Um grande espetáculo a bordo do reportório eternizado por Amália. Lembrando, sentindo e renovando o seu espírito.

Dulce Pontes, Simone de Oliveira, Paulo de Carvalho, Amor Electro, Marco Rodrigues e  Vanessa da Mata, vão proporcionar uma noite de gala, numa sentida homenagem a Amália Rodrigues que vive hoje através de cada um de nós.

 

25
Jun17

Tributo a Amália Rodrigues

fado meu.aspx

Uma forma diferente e original de assinalar a data de nascimento de Amália Rodrigues, é o que propõe o espetáculo Fado Meu - Um Enlace Lusitano em Fogo e Água de Alma Grande.
Um tributo em forma de dança e teatro com vários bailarinos da companhia Amalgama, sempre no contexto da alma de fadista de Amália.

A partir desta semana, 29 de junho, com repetição a 6, 13, 20 e 27 de julho, sempre às 18h30 no Panteão Nacional, em Lisboa.

 

10
Mai17

Fado Meu - Um Enlace Lusitano Homenageia Amália Rodrigues

fado meu.aspx

 Uma forma diferente e original de assinalar a data de nascimento de Amália Rodrigues, é o que propõe o espetáculo Fado Meu - Um Enlace Lusitano em Fogo e Água de Alma Grande.
Um tributo em forma de dança e teatro com vários bailarinos da companhia Amalgama, sempre no contexto da alma de fadista de Amália.

A partir de 29 de junho, com repetição a 6, 13, 20 e 27 de julho, sempre às 18h30 no Panteão Nacional, em Lisboa.

 

Instagram

Sigam-nos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Favoritos