Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Phoenix R.D.C, LON3R JOHNY + SippinPurpp, RIOT e Mobbers Confirmados no Sumol Summer Fest

sumol.png

O espetáculo exclusivo “Eixo Norte-Sul” vai comemorar as diferentes latitudes do hip-hop tuga no Sumol Summer Fest do próximo ano.

Segundo a organização do festival de música da Ericeira, este concerto vai mostrar “o que de melhor se faz no hip hop de Norte a Sul do país”. Em palco estarão duas crews. Uma delas, representando o rap nortenho, será capitaneada por Mundo Segundo (produtor e rapper do grupo Dealema) e terá como MCs Maze (também dos Dealema), Ace (Mind da Gap), Deau e Virtus e como DJs Guze e Spot. Outra equipa representará o hip-hop mais a sul do país: ao líder Xeg juntar-se-ão os rappers Chullage, Sir Scratch, Kappa Jotta e Deezy e o DJ Big.

O Palco Sumol vai também acolher concertos do grupo Mobbers a 2 de Julho e a 3 de Julho o rapper e cantor Lon3r Johny em parceria com Sippinpurpp, o rapper Phoenix RDC e o músico e produtor Riot.

A estes nomes do palco principal juntam-se os reconfirmados Burna Boy, SAINt JHN e Piruka para o primeiro dia, 2, e Trippie Redd e Nenny para o segundo, a 3 de Julho.

Foi também anunciada a programação do Palco Quiksilver. A organização entregou a responsabilidade desta curadoria a Maze, que optou por DJ sets de Rita Maia e DJ Spot e por um live act dos grupos nortenhos ActivaSom e Enigamcru para o dia 2 de Julho e por DJ sets de Mike El Nite e Flaca e um live act do grupo Alcool Club para o dia 3 de Julho.

Os The Cure no 1º Super Bock Super Rock

sbsr_1995.jpg

O Festival Super Bock Super Rock tem um invejável desfile de concertos memoráveis que temos testemunhado nas últimas décadas. Uma dessas atuações aconteceu em julho de 1995 quando os The Cure subiram a um palco nacional pela segunda vez na sua carreira. 

Foi na primeira edição do SBSR, que decorreu em Alcântara, Lisboa, e o alinhamento foi o seguinte:

Want
Fascination Street
A Night Like This
Pictures of You
Lullaby
Just Like Heaven
Trust
Jupiter Crash
High
Dressing Up
The Walk
Let's Go to Bed
A Strange Day
Push
Mint Car
Friday I'm in Love
In Between Days
From the Edge of the Deep Green Sea
Shiver and Shake
Disintegration
End

Encore:

Charlotte Sometimes
Boys Don't Cry
A Forest

Encore 2:

Three Imaginary Boys
10:15 Saturday Night
Killing an Arab

O concerto pode ser (re)visto aqui:

O Super Bock Super Rock regressa em 2021

Bem-vinda sejas Amália em Odemira Dia 23

amalia.jpg

No dia em que Amália celebraria 100 anos de vida, 23 de julho, a Fundação Amália e a Câmara Municipal de Odemira apresentam um concerto de comemoração do Centenário de Amália Rodrigues, no Brejão, em Odemira.

O concerto “Bem-vinda sejas Amália” apresenta um cartaz de luxo. Ana Moura, Jorge Fernando, Ricardo Ribeiro, Katia Guerreiro, José Gonçalez, Marco Rodrigues, Fábia Rebordão e Sara Correia. Direção Musical é de Jorge Fernando e a componente artística é coordenada por José Gonçalez.

Este evento tão especial vai realizar-se junto ao mar, no lugar que escolheu como “refúgio” entre digressões pelo mundo inteiro: a Herdade Amália, no Brejão.

O título “Bem-vinda sejas Amália” é uma alusão à forma carinhosa como foi recebida pelos militares portugueses em Moçambique, em 1969, quando foi cantar para os feridos de guerra. A frase então escrita num cartaz, registada pela RTP para a posteridade, foi sendo replicada noutras alturas e noutros contextos, nas suas inúmeras digressões pelo País e pelo estrangeiro. Em ano de centenário, “Bem-vinda sejas Amália” é também o título de uma exposição itinerante que está a percorrer o País. Com a evocação desta mensagem escrita num cartaz tão simples e genuíno, quanto criativo, pretende-se também homenagear todos os fans anónimos que publicamente manifestavam o seu apreço a uma das mais importantes figuras da Cultura portuguesa.

É um espetáculo particularmente simbólico que celebra uma mulher singular, tantas vezes aclamada como “a voz de Portugal”. Realizado em parceria pela Câmara Municipal de Odemira e pela Fundação Amália Rodrigues, instituição a quem cabe continuar a missão que Amália determinou em testamento: ajudar pessoas desfavorecidas.

Concerto ao ar livre, num cenário único sobre o mar.

Metallica Recordam o Concerto de 2007 no Super Bock Super Rock

metallica.jpg

Regressamos à série #MetallicaMondays que os Metallica começaram a produzir durante a quarentena, publicando semanalmente os melhores concertos da sua carreira no YouTube oficial da banda, para regressarmos a 2007 quando Lisboa recebeu uma potente atuação que ficou na memória do grupo e de todos os fãs presentes no Parque Tejo naquela noite.
Um dos momentos mais altos da longa história do Festival Super Bock Super Rock que vale a pena recordar:

O Super Bock Super Rock regressa em 2021.

Novidades no Santa Casa Alfama

unnamed.png

Há novidades para o Santa Casa Alfama em outubro.

Com uma vista deslumbrante, a proposta do Palco Ermelinda Freitas é ficar com um "Um fado ao pôr-do-sol". No dia 2 de outubro, vai poder ouvir a voz única de Fábia Rebordão e ainda a guitarra de André Dias no espetáculo “Amália na voz da guitarra”; no dia 3 de outubro, o terraço do Terminal de Cruzeiros de Lisboa vai receber Helder Moutinho e também a juventude de Buba Espinho, Maura Airez, Joana Almeida e Tiago Correia no espetáculo “Fado Em Boas mãos”.

Pág. 1/2